10

Dor nas costas

Última atualização: 3/dez/2023 11:47:44

Featured Image

Table of Contents

Dor nas costas refere-se a qualquer dor e desconforto na parte superior, média ou inferior das costas. A dor nas costas é comum e pode ter várias causas, diagnósticos e tratamentos. Muitas maneiras de ajudar a prevenir a dor nas costas incluem o fortalecimento dos músculos centrais, a manutenção da postura adequada e um estilo de vida ativo.

O que é dor nas costas?

A dor nas costas é uma condição comum que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Refere-se a qualquer desconforto, dor ou incômodo sentido na região das costas, desde a parte superior até a parte inferior das costas.

A intensidade e a duração da dor nas costas variam muito, desde um desconforto leve e temporário até uma dor crônica grave que afeta significativamente as atividades diárias. A dor nas costas tem várias causas, incluindo distensões musculares, entorses de ligamentos, hérnia de disco, estenose e osteoartrite.

Certos fatores de risco podem aumentar a probabilidade de sentir dor nas costas, como

  • Idade
  • Obesidade
  • Estilo de vida sedentário
  • Condições médicas subjacentes, como escoliose, infecções na coluna e osteoporose

Tipos de dor nas costas

Dor aguda nas costas

A dor aguda nas costas é um início súbito que dura relativamente pouco tempo, geralmente de alguns dias a semanas. Geralmente ocorre devido a uma lesão ou tensão específica, como levantar um objeto pesado, torção súbita ou um incidente relacionado a esportes.

A dor aguda nas costas geralmente é localizada e pode ser muito intensa. Repouso, analgésicos e exercícios suaves são geralmente recomendados para o controle da dor nas costas, que tende a melhorar com o tempo e os cuidados adequados.

Dor crônica nas costas

A dor crônica nas costas é caracterizada por dor persistente ou recorrente que dura por um longo período, geralmente mais de três meses. Ela pode resultar de uma condição médica ou lesão subjacente, mas, às vezes, a causa exata pode ser difícil de determinar.

A dor crônica nas costas pode afetar significativamente a qualidade de vida e o funcionamento diário de uma pessoa.

As abordagens de tratamento para dor crônica nas costas geralmente envolvem uma combinação de medicamentos, fisioterapia, modificações no estilo de vida e, em alguns casos, apoio psicológico para ajudar a controlar a dor e melhorar a funcionalidade.

Dor nas costas mecânica vs. radicular

A lombalgia mecânica refere-se à dor que se origina de estruturas da coluna vertebral, como músculos, ligamentos ou discos intervertebrais. Geralmente está relacionada à má postura, desequilíbrios musculares ou alterações degenerativas na coluna.

A dor mecânica nas costas geralmente piora com o movimento ou com determinadas posições e pode melhorar com repouso ou exercícios específicos direcionados à área afetada.

A dor lombar radicular, por outro lado, é causada por irritação ou compressão dos nervos espinhais, levando à dor que se irradia das costas para as nádegas, pernas ou pés.

As pessoas geralmente descrevem esse tipo de dor como aguda, aguda ou elétrica, e ela pode vir acompanhada de outros sintomas, como dormência, formigamento ou fraqueza muscular.

As causas comuns de dor radicular nas costas incluem hérnia de disco, estenose ou impacto na raiz do nervo. O tratamento pode envolver uma combinação de:

  • técnicas de controle da dor
  • terapia
  • intervenção cirúrgica para aliviar a pressão sobre o nervo afetado

Causas da dor nas costas

Distensão muscular

Uma das causas mais comuns de dor nas costas é a distensão muscular. Uma distensão muscular ocorre quando os músculos das costas são esticados ou rompidos devido a movimentos bruscos, esforço excessivo ou técnicas de levantamento inadequadas.

As distensões musculares podem resultar em dor localizada e rigidez muscular. Repouso, alongamento suave e aplicação de bolsas de calor ou frio podem aliviar o desconforto e promover a cura.

Lesões e dores nas costas

A dor nas costas também pode resultar de várias lesões, como quedas, acidentes de carro ou incidentes relacionados a esportes. As lesões traumáticas podem afetar a coluna vertebral, os músculos, os ligamentos ou outros tecidos moles das costas, causando dor e limitação da mobilidade.

A avaliação médica imediata e o tratamento adequado são fundamentais para gerenciar e prevenir complicações adicionais associadas a lesões nas costas.

Condições da coluna vertebral

Diversas condições da coluna vertebral podem contribuir para a dor nas costas. As hérnias de disco, em que o material interno macio de um disco espinhal é empurrado para fora por um rasgo, podem irritar os nervos próximos e causar dor.

Condições degenerativas como osteoartrite e estenose espinhal, que envolvem a ruptura das articulações ou o estreitamento do canal da coluna, também podem resultar em dor nas costas.

As opções de tratamento para problemas na coluna vertebral variam de abordagens conservadoras, como terapia e medicação para dor, a intervenções mais invasivas, inclusive cirurgia, dependendo da gravidade e da causa.

Postura ruim

A manutenção de uma postura inadequada por períodos prolongados pode sobrecarregar os músculos e a coluna vertebral, causando dor nas costas.

Ficar curvado, debruçado sobre uma mesa ou olhar constantemente para dispositivos eletrônicos pode contribuir para uma postura horrível.

Fazer um esforço consciente para sentar e ficar em pé, usar móveis ergonômicos e fazer pausas para se alongar e corrigir a postura pode ajudar a aliviar a dor nas costas.

Ganho de peso excessivo

Carregar peso em excesso, especialmente ao redor do abdômen, pode mudar o centro de gravidade do corpo e tensionar os músculos das costas.

Esse excesso de peso pode levar à dor lombar crônica. Manter um peso saudável por meio de exercícios regulares, dieta balanceada e modificações no estilo de vida pode reduzir o risco de dor lombar causada pelo ganho excessivo de peso.

Músculos centrais fracos

Os músculos abdominais das costas desempenham um papel fundamental na sustentação da coluna vertebral. A fraqueza dos músculos do núcleo pode levar a uma estabilidade ruim da coluna e aumentar o risco de dor nas costas.

Exercícios regulares de treinamento de força que visam os músculos do núcleo, como pranchas ou Pilates, podem ajudar a fortalecer e estabilizar as costas, reduzindo a probabilidade de dor e lesão.

Levantamento de peso

A prática de atividades que envolvam levantamento de peso sem a mecânica corporal adequada pode tensionar os músculos das costas e as estruturas da coluna vertebral.

Levantar objetos muito pesados ou usar técnicas de levantamento inadequadas pode causar dor nas costas aguda ou crônica.

O aprendizado e a utilização de técnicas adequadas de elevação, como dobrar os joelhos e levantar com as pernas, podem ajudar a minimizar o risco de lesões nas costas durante as tarefas de elevação.

Problemas nos tecidos moles

Problemas estruturais no canal espinhal, como estenose espinhal, ou problemas nos tecidos moles que envolvem a coluna, como distensões musculares ou entorses de ligamentos, podem causar dor nas costas.

Essas condições podem resultar em compressão ou inflamação do nervo, levando à dor localizada ou irradiada.

O tratamento médico, como fisioterapia, medicamentos ou, em casos graves, intervenção cirúrgica, pode ser necessário para tratar essas causas e aliviar a dor nas costas.

Como diagnosticar a dor nas costas

Ao diagnosticar a dor nas costas, os profissionais de saúde empregam vários métodos para identificar a causa e desenvolver um plano de tratamento adequado. Em geral, o processo de diagnóstico envolve uma combinação de:

  • Avaliação do histórico médico
  • Exame físico
  • Estudos de imagem

Durante a avaliação inicial, o profissional de saúde perguntará sobre a natureza da dor, sua duração, quaisquer eventos desencadeantes e fatores que aliviem ou piorem os sintomas.

Eles também perguntarão sobre o histórico médico do paciente, lesões anteriores e qualquer histórico familiar relevante de problemas na coluna. Essas informações ajudam a restringir as possíveis causas e a orientar uma avaliação mais aprofundada.

Um exame físico é realizado para avaliar a postura do paciente, a amplitude de movimento e a presença de quaisquer anormalidades visíveis ou áreas sensíveis.

O profissional de saúde pode realizar testes específicos para verificar a força muscular, a sensação e os reflexos na área afetada. Ele também pode examinar outras partes do corpo, como os quadris ou as pernas, para identificar quaisquer sintomas ou sinais associados que possam ajudar no diagnóstico.

Em certos casos, testes adicionais ou estudos de imagem podem ajudar a obter informações mais detalhadas. Esses exames podem incluir raios X, ressonância magnética (MRI), tomografia computadorizada (CT) ou eletromiografia (EMG).

As ferramentas de diagnóstico ajudam a visualizar a coluna vertebral, os tecidos moles, os nervos e outras estruturas, auxiliando na identificação de problemas estruturais, hérnia de disco, estenose ou outras condições que possam estar causando dor nas costas.

É importante observar que o processo de diagnóstico varia de acordo com o caso individual e a causa suspeita da dor nas costas. Alguns casos podem exigir atenção médica imediata ou consultas adicionais com especialistas, como cirurgiões ortopédicos ou neurologistas.

O objetivo é diagnosticar com precisão a causa subjacente e adaptar um plano de tratamento adequado que pode envolver uma combinação de medicamentos, fisioterapia, modificações no estilo de vida ou, em casos graves, intervenção cirúrgica.

É sempre aconselhável consultar um profissional de saúde que possa avaliar o caso individual e oferecer o curso de ação mais adequado para aliviar a dor nas costas e promover a saúde a longo prazo.

Tratamento médico para dor nas costas

Fisioterapia

A fisioterapia é uma abordagem de tratamento não invasiva para o controle da dor nas costas. Ela envolve vários exercícios, alongamentos e técnicas manuais projetados para melhorar a força, a flexibilidade e a função geral das costas e dos músculos.

Um fisioterapeuta cria um plano de tratamento personalizado com base nas necessidades específicas do indivíduo, concentrando-se na redução da dor, na restauração da mobilidade e na prevenção de futuros episódios de dor nas costas.

A fisioterapia também pode incluir terapia de calor ou frio, ultrassom ou estimulação elétrica para aliviar ainda mais a dor e promover a cura.

Medicamentos prescritos

Em alguns casos, os profissionais de saúde podem prescrever medicamentos para aliviar a dor nas costas.

Esses medicamentos podem incluir anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) para reduzir a dor e a inflamação, relaxantes para aliviar os espasmos musculares dolorosos e promover o relaxamento, ou opioides para dor intensa que não responde a outros tratamentos.

É importante usar medicamentos prescritos conforme orientação de um profissional de saúde e estar ciente dos possíveis efeitos colaterais e riscos associados.

Pomadas tópicas

Pomadas ou cremes tópicos podem proporcionar alívio localizado para a dor nas costas. Esses medicamentos de venda livre ou com prescrição médica contêm mentol, cânfora ou capsaicina, que anestesiam a área ou reduzem a inflamação.

A aplicação de pomadas tópicas diretamente no local pode aliviar temporariamente as dores musculares, a rigidez ou a dor leve a moderada nas costas.

Relaxantes musculares

Os relaxantes musculares são medicamentos que ajudam a aliviar os espasmos musculares e a reduzir a tensão muscular nas costas. Eles atuam visando o sistema nervoso central para promover o relaxamento.

Normalmente, os relaxantes musculares são prescritos para uso em curto prazo, pois podem causar sonolência ou outros efeitos colaterais. Esses medicamentos costumam ser usados com outros tratamentos, como a fisioterapia, para ajudar a controlar episódios agudos de dor nas costas.

Injeções de esteroides

As injeções de esteroides, também conhecidas como injeções de corticosteroides, podem ser uma opção para pessoas com dor lombar grave ou crônica que não tenha respondido a outros tratamentos.

Essas injeções administram medicamentos anti-inflamatórios diretamente na área afetada, como as articulações da coluna vertebral ou o espaço ao redor dos nervos espinhais.

As injeções de esteroides podem aliviar temporariamente a dor e reduzir a inflamação, permitindo que os indivíduos participem de programas de reabilitação ou se envolvam em atividades que possam ajudar a melhorar a condição da coluna.

Cirurgia

Em alguns casos, a cirurgia pode ser recomendada para indivíduos com dor lombar grave ou quando os tratamentos conservadores são ineficazes. As intervenções cirúrgicas para dor nas costas podem variar de acordo com a causa, como hérnia de disco, estenose ou instabilidade da coluna.

A cirurgia visa a aliviar a pressão sobre os nervos espinhais, estabilizar a coluna ou corrigir anormalidades estruturais. Os procedimentos cirúrgicos podem envolver a remoção de discos danificados, a fusão de segmentos da coluna vertebral ou a descompressão dos nervos espinhais.

A cirurgia é normalmente considerada um último recurso quando outras opções de tratamento foram esgotadas e quando os possíveis benefícios superam os riscos.

Terapias alternativas para dor nas costas

terapias alternativas para dor nas costas

Ioga

O ioga é uma prática mente-corpo que incorpora técnicas suaves de alongamento, fortalecimento e relaxamento. Seu foco é melhorar a flexibilidade, a postura e a consciência corporal geral.

Poses e sequências específicas de ioga podem atingir os músculos e as estruturas das costas, promovendo o alinhamento da coluna e aliviando a tensão.

A prática regular de ioga pode ajudar a fortalecer os músculos, aumentar a flexibilidade e reduzir a dor.

Pilates

O Pilates é um método de exercício de baixo impacto que enfatiza a força do núcleo, a flexibilidade e o alinhamento do corpo. Ele envolve movimentos controlados que visam os músculos profundos do abdômen, das costas e dos quadris.

Ao fortalecer os músculos centrais, o Pilates ajuda a estabilizar a coluna vertebral e a melhorar a postura, aliviando a dor nas costas. Os movimentos precisos e o foco no alinhamento adequado também aumentam a consciência corporal e promovem padrões de movimento eficientes, reduzindo a tensão nas costas.

Massagens

A massagem terapêutica envolve a manipulação de tecidos moles, como músculos e fáscia, para promover o relaxamento e aliviar a tensão muscular. Várias técnicas de massagem, como a sueca, de tecidos profundos ou de pontos de gatilho, podem beneficiar pessoas com dor nas costas.

A massagem ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo, reduzir a tensão muscular e liberar endorfinas, aliviando temporariamente a dor e promovendo o relaxamento e o bem-estar geral.

Treinamento de força

Os exercícios de treinamento de força, quando realizados corretamente e sob a orientação de um profissional qualificado, podem ser uma abordagem eficaz para o controle da dor nas costas.

As pessoas podem melhorar a estabilidade da coluna e reduzir o risco de futuras lesões nas costas fortalecendo os músculos que sustentam a coluna, inclusive os glúteos, as costas e os músculos abdominais.

Os exercícios de treinamento de força podem ser adaptados às necessidades do indivíduo e podem incluir exercícios com o peso corporal, faixas de resistência ou equipamentos de levantamento de peso.

Ajustes quiropráticos

A quiropraxia se concentra no diagnóstico e no tratamento de distúrbios musculoesqueléticos, principalmente na coluna vertebral. Os quiropráticos usam técnicas manuais, inclusive ajustes ou manipulações da coluna, para corrigir desalinhamentos ou desequilíbrios na coluna.

Ao restaurar o alinhamento adequado da coluna vertebral e reduzir a irritação dos nervos, os ajustes quiropráticos visam aliviar a dor nas costas e melhorar a função geral.

Os quiropráticos também podem incorporar outras terapias, como mobilização de tecidos moles ou exercícios terapêuticos, para complementar os ajustes.

Terapia de base cognitiva

A terapia de base cognitiva (TCC) é uma abordagem psicológica que pode beneficiar indivíduos com dor crônica nas costas.

Ele identifica e modifica pensamentos, crenças e comportamentos negativos que podem contribuir para a percepção da dor e o sofrimento emocional.

Por meio de reestruturação cognitiva, técnicas de relaxamento e estratégias de enfrentamento, a TCC ajuda os indivíduos a desenvolver formas mais positivas e adaptativas de controlar a dor.

A terapia de base cognitiva pode aumentar o bem-estar geral e melhorar as habilidades de controle da dor, abordando os fatores psicológicos associados à dor nas costas.

Como prevenir a dor nas costas

Músculos centrais fortes

Ter músculos centrais fortes é fundamental para manter uma coluna saudável. Os músculos do core, incluindo os músculos abdominais, das costas e do assoalho pélvico, fornecem suporte e estabilidade à coluna vertebral.

A prática de exercícios que visam esses músculos, como pranchas, pontes e abdominais, pode ajudar a melhorar a força do núcleo e reduzir o risco de dor nas costas.

É importante trabalhar com um profissional qualificado para garantir a forma e a técnica adequadas ao realizar exercícios para o núcleo.

Postura adequada

Manter a postura adequada é essencial para evitar dores nas costas. Seja sentado, em pé ou levantando objetos, é importante manter um alinhamento neutro da coluna. Alinhamento neutro da coluna significa manter as curvas naturais da coluna intactas e evitar curvatura excessiva ou arqueamento.

A prática regular de uma boa postura pode aliviar o estresse sobre as estruturas da coluna vertebral e ajudar a distribuir o peso do corpo de forma mais uniforme. Além disso, o uso de móveis ergonômicos, como cadeiras e mesas de apoio, pode ajudar a manter a postura adequada durante todo o dia.

Dicas de estilo de vida

A adoção de um estilo de vida saudável pode contribuir significativamente para a prevenção da dor nas costas. Exercícios regulares, como caminhada, natação ou ciclismo, podem ajudar a melhorar a flexibilidade, fortalecer os músculos e promover o condicionamento físico geral.

Evitar um estilo de vida sedentário e incorporar intervalos de movimento ao longo do dia também é importante.

Manter um peso saudável é fundamental, pois o excesso de peso pode sobrecarregar as costas e contribuir para a dor. Também é essencial praticar a mecânica corporal adequada durante as atividades diárias, como levantar objetos pesados dobrando os joelhos e usando os músculos das pernas em vez de confiar nas costas.

Fatores de risco para dor nas costas

A compreensão dos fatores de risco associados à dor nas costas pode ajudar as pessoas a tomar medidas proativas para evitá-la. Alguns fatores de risco comuns incluem:

  • Idade
  • O envolvimento em trabalhos ou atividades fisicamente exigentes que envolvam levantamento de peso ou movimentos repetitivos pode piorar a dor
  • Baixa aptidão física
  • Fumantes
  • Determinadas condições médicas, como obesidade ou artrite

Ao abordar esses fatores de risco por meio de modificações no estilo de vida e autocuidado adequado, os indivíduos podem reduzir o risco de desenvolver dor nas costas.

Referências

Dor lombar não específica

Diagnosis and Treatment of Low Back Pain: A Joint Clinical Practice Guideline from the American College of Physicians and the American Pain Society (Diagnóstico e tratamento da dor lombar: uma diretriz de prática clínica conjunta do American College of Physicians e da American Pain Society)

O que é dor lombar e por que devemos prestar atenção

Epidemiologia da dor lombar em adultos

Dor nas costas

Dor nas costas: diagnóstico, tratamento e medidas a serem tomadas

Prevenção de dores nas costas

Medicamentos para dor nas costas

Os melhores medicamentos para dor nas costas

Fisioterapia para dor lombar

Abordagens de fisioterapia no tratamento da dor lombar

Isenção de responsabilidade

O conteúdo deste artigo é fornecido apenas para fins informativos e não se destina a substituir a orientação, o diagnóstico ou o tratamento médico profissional. É sempre recomendável consultar um profissional de saúde qualificado antes de fazer qualquer mudança relacionada à saúde ou se tiver alguma dúvida ou preocupação sobre sua saúde. A Anahana não se responsabiliza por quaisquer erros, omissões ou consequências que possam ocorrer com o uso das informações fornecidas.

Alongamentos para ciática

7 min read

Alongamentos para ciática

A dor ciática pode ser debilitante. Esses alongamentos simples para dor ciática podem reduzir a dor e fazer com que você volte a viver sua vida sem...

Força do núcleo

8 min read

Força do núcleo

A força do núcleo refere-se à força dinâmica e estática da parte central do corpo. A força do core é essencial para o bom funcionamento na vida...

Dor lombar

8 min read

Dor lombar

Mergulhe fundo na dor lombar: suas causas, sintomas, tratamentos e prevenção. Capacite-se com o conhecimento para ter uma coluna sem dor.

Fascite plantar

10 min read

Fascite plantar

A condição chamada fascite plantar é uma das causas mais comuns de dor no pé, especificamente no calcanhar. É uma síndrome dolorosa do calcanhar que...

Sintomas de desequilíbrio hormonal

11 min read

Sintomas de desequilíbrio hormonal

O desequilíbrio hormonal é uma condição que ocorre quando o corpo produz muito ou pouco de um determinado hormônio. Ele pode afetar várias funções...

Dor crônica

14 min read

Dor crônica

A dor é uma experiência subjetiva na qual ocorrem danos fisiológicos reais ou potenciais. Este sentimento é diferente para todos e pode ser mal...