6

Saúde social

Última atualização: 22/dez/2023 12:24:46

Featured Image

Table of Contents

Descubra como a saúde social contribui para o seu bem-estar e explore estratégias eficazes para aprimorar e cultivar suas habilidades sociais.

Saúde social explicada

As pessoas geralmente associam a saúde a sintomas físicos, remédios e visitas ao médico. Entretanto, a saúde compreende muitas dimensões que podem não ser visíveis, mas que são cruciais para o bem-estar de um indivíduo, e uma dessas dimensões é a saúde social.

A saúde social refere-se às conexões, aos relacionamentos e às pessoas que cercam um indivíduo. Relacionamentos e pessoas significativas podem distrair os indivíduos, alterar suas perspectivas ou fazê-los se sentirem mais felizes.

Se as pessoas estiverem se sentindo desanimadas, elas podem precisar de apoio ou conexão social, o que pode afetar sua saúde. Os seres humanos precisam de conexões e relacionamentos positivos que beneficiem sua saúde física e mental.

Definição de saúde social

  • No desenvolvimento infantil: a saúde social refere-se à capacidade de formar relacionamentos seguros com outras pessoas, promover a confiança e sentir-se à vontade para aprender e explorar, o que está ligado às suas habilidades de regulação emocional.
  • Em adultos: a saúde social inclui as redes e estruturas de apoio social que os indivíduos têm ao seu redor, incluindo família, amigos, colegas de trabalho e parceiros românticos. Ela abrange dois aspectos:
    • O primeiro é a capacidade de construir relacionamentos saudáveis com outras pessoas e a capacidade de adaptação dos indivíduos a situações sociais.
    • O segundo aspecto é a qualidade dos relacionamentos, incluindo a duração e a capacidade de se conectar com outras pessoas de forma significativa.

Importância da saúde social

Cultivar habilidades sociais e nutrir relacionamentos satisfatórios são tão cruciais para a saúde geral de uma pessoa quanto outros fatores de estilo de vida, como alimentação saudável e atividade física.

A saúde social é importante porque a pesquisa mostrou uma ligação entre os resultados de saúde e as relações sociais.

Por exemplo, a falta de conexões sociais pode levar ao estresse crônico e à solidão, colocando os indivíduos em risco de ansiedade, baixa autoestima, depressão e outros distúrbios de saúde mental.

Uma saúde social ruim pode afetar negativamente a saúde física e mental de um indivíduo.

Por exemplo, o estresse no relacionamento pode contribuir para a saúde precária, o sofrimento psicológico e a excitação fisiológica (aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca), o que pode piorar a saúde por meio de efeitos cumulativos nos sistemas fisiológicos.

Ter sistemas de apoio robustos e manter relacionamentos indica bom bem-estar social e saúde, resultando em melhor saúde cardíaca e mental, redução do estresse e maior longevidade.

Entendendo a saúde social

As pessoas podem melhorar sua saúde social ao longo do tempo, e isso não depende do status familiar, nem se limita ao casamento ou aos membros da família. Para entender a saúde social, é preciso saber o que ela é e o que não é:

  • Não é necessário mudar a personalidade do indivíduo ou forçá-lo a se socializar com outras pessoas.
  • Trata-se de aprender a se comunicar de forma eficaz e significativa, construir relacionamentos de qualidade e usar o apoio social para superar os desafios da vida.

Determinantes sociais da saúde

A saúde social é diferente dos determinantes sociais da saúde. Por exemplo, para manter uma boa saúde social não é necessário que a família ou o casamento sejam saudáveis.

Os determinantes sociais da saúde (SDOH) concentram-se nos fatores sistêmicos que influenciam a saúde ou o bem-estar de um indivíduo. Esses fatores incluem:

  • Corrida
  • Educação
  • Status socioeconômico
  • Comunidade
  • Disponibilidade de recursos

O SDOH pode afetar muito as oportunidades de um indivíduo de se conectar e desenvolver hábitos saudáveis, enfatizando a importância de abordar as disparidades de saúde nas comunidades.

As autoridades de saúde pública e os especialistas em políticas estudam os determinantes sociais da saúde para tomar decisões sobre a saúde de uma população, mas os indivíduos podem precisar de ajuda para mudar seus SDOH.

Por outro lado, a saúde social se concentra em relacionamentos saudáveis que os indivíduos podem trabalhar ao se conectar com outras pessoas e melhorar as habilidades sociais.

Sinais de saúde social

As pessoas podem já estar seguindo as etapas para manter a saúde social sem perceber.

Os sinais de boa saúde social incluem ter uma forte rede de apoio social, estabelecer limites sociais, equilibrar o tempo sozinho e o tempo social, ser autêntico em relação à própria personalidade, participar da comunidade e tratar os outros com respeito.

Relacionamentos sólidos

Em momentos difíceis, as pessoas precisam de alguém em quem se apoiar e com quem conversar. Pesquisas mostram que as pessoas que têm amigos íntimos ou relacionamentos saudáveis nos quais podem confiar, sem obrigações ou expectativas de reembolso, têm maior probabilidade de ter boa saúde social. Conexões sociais fortes também são importantes para manter uma boa saúde social.

Estabelecendo limites saudáveis

Os indivíduos socialmente saudáveis não são agressivos, mas sabem como comunicar suas necessidades de forma eficaz e estabelecer limites saudáveis sem sentir emoções negativas, como culpa, vergonha, ressentimento ou medo.

Equilíbrio entre tempo sozinho e tempo social

Encontrar um equilíbrio entre o tempo sozinho e a socialização é essencial para as pessoas. A quantidade necessária de tempo sozinho varia de acordo com o fato de o indivíduo ser introvertido ou extrovertido.

Entretanto, manter relacionamentos saudáveis e equilibrar o tempo sozinho com a socialização indica uma boa saúde social.

Manutenção da personalidade

Conexões saudáveis podem fazer com que as pessoas se sintam confortáveis com suas personalidades, pois elas se sentem valorizadas, apreciadas e pertencentes à sociedade. Os indivíduos que estão satisfeitos com suas personalidades têm menos probabilidade de temer a exclusão social.

Embora as amizades e os relacionamentos possam tirar as pessoas de sua zona de conforto, elas não devem se envergonhar do fracasso e devem trabalhar para aumentar sua autoconfiança.

Participação na comunidade

Indivíduos socialmente saudáveis conseguem equilibrar as pressões da vida com a necessidade de tempo de lazer. Eles priorizam a interação e as atividades sociais, como o trabalho voluntário na comunidade, a participação em eventos da vizinhança e a prática de esportes comunitários.

Tratar os outros com respeito

As pessoas que demonstram respeito pelos outros indicam que estão satisfeitas com suas necessidades sociais e não se sentem ameaçadas nem têm necessidade de rebaixar os outros para aumentar sua autoestima.

Como melhorar a saúde social

Melhorar a saúde social pode ter um impacto positivo na saúde mental, emocional e física, e muitas estratégias podem ajudar a aprimorar as conexões e os relacionamentos sociais.

Dando passos graduais

É importante tomar medidas graduais e participar de conversas significativas com outras pessoas para melhorar a saúde social. Isso pode envolver fazer perguntas ponderadas sobre seus planos, hobbies ou coisas favoritas, procurando interesses em comum.

Embora a conversa fiada possa ajudar a praticar a socialização e a fazer novos amigos, também é importante ir além das conversas superficiais para ter interações mais significativas que possam melhorar a saúde social geral.

Além disso, existem várias oportunidades educacionais para aumentar a conscientização sobre a saúde social e sua importância. Participar de conferências, como a Canadian Human Connection Conference, pode ajudar a entender a importância da saúde social.

Habilidades de comunicação

O desenvolvimento de habilidades de comunicação eficazes é essencial para criar conexões significativas e socializar. Isso inclui a prática da escuta ativa, a manutenção do contato visual e a atenção aos sinais de linguagem corporal para melhorar a comunicação geral e aprimorar a saúde social.

Autocuidado e gratidão

Os indivíduos devem priorizar o autocuidado, mantendo hábitos alimentares saudáveis, praticando atividades físicas regularmente, dormindo o suficiente, comendo alimentos saudáveis e evitando mecanismos de enfrentamento prejudiciais à saúde.

A prática de técnicas de atenção plena, como a meditação, pode ajudar as pessoas a se conectarem com seu eu interior e a melhorar sua saúde mental antes de criar conexões com outras pessoas.

Outro aspecto importante da saúde social é praticar a gratidão e demonstrar apreço pelos entes queridos por meio de gestos significativos, como enviar mensagens, escrever bilhetes ou dar cartões atenciosos. Fazer com que os outros se sintam valorizados pode melhorar as conexões sociais e o bem-estar geral.

Para levar

A saúde geral de um indivíduo compreende o bem-estar físico, mental, social e emocional, e uma saúde social ruim pode afetar negativamente a saúd física e emocional.

Alcançar uma boa saúde social é fundamental para o bem-estar físico e mental de um indivíduo, e escolhas saudáveis podem ajudar as pessoas a alcançar a saúde social ideal.

Praticar o autocuidado, encontrar equilíbrio e cultivar uma vida tranquila são essenciais para melhorar o bem-estar social e formar relacionamentos interpessoais gratificantes.

Perguntas frequentes

Como a saúde social afeta a saúde física?

A saúde social pode ter um impacto significativo na saúde física. O isolamento e a falta de apoio social têm sido associados a um risco maior de desenvolver doenças crônicas, como doenças cardíacas, pressão alta e diabetes.

Por outro lado, a boa saúde social, como sistemas de apoio sólidos e relacionamentos sociais positivos, tem sido associada a melhores resultados de saúde física e a um menor risco de desenvolver doenças crônicas.

Como a saúde social afeta a saúde mental?

A saúde social pode afetar significativamente a saúde mental. A saúde social ruim, como o isolamento social ou a falta de apoio social, tem sido associada a um risco maior de desenvolver problemas de saúde mental, como depressão e ansiedade.

Por outro lado, ter relações sociais positivas e um forte sistema de apoio pode contribuir para melhores resultados na saúde mental. Isso pode até mesmo ajudar a evitar o surgimento de problemas de saúde mental.

Como a mídia social afeta a saúde social?

A mídia social pode afetar a saúde social tanto positiva quanto negativamente.

Prós

  • Conexão: no lado positivo, a mídia social pode oferecer uma plataforma para que as pessoas se conectem e formem relacionamentos com outras que compartilham interesses e experiências semelhantes.
  • Comunicação: também pode facilitar a comunicação com amigos e familiares que estão longe, tornando mais fácil manter contato.

Contras

  • O isolamento pode levar ao isolamento social e à solidão se os indivíduos passarem tempo excessivo nas mídias sociais em vez de se envolverem em interações face a face.
  • Comparações: as mídias sociais também podem contribuir para uma imagem corporal negativa, baixa autoestima e ansiedade devido à comparação constante com os destaques dos outros.

Em última análise, é essencial usar a mídia social de forma consciente e equilibrar seu uso com outras formas de interação social para promover a saúde social geral.

Referências

Conferência Canadense sobre Conexão Humana

Relações sociais e saúde: Um ponto de inflexão para a política de saúde - PMC

Kit de ferramentas de bem-estar social | Institutos Nacionais de Saúde (NIH)

O que é saúde social? | Psychology Today

O que é saúde social? Definições, exemplos e dicas para melhorar seu bem-estar social

Isenção de responsabilidade

O conteúdo deste artigo é fornecido apenas para fins informativos e não se destina a substituir a orientação, o diagnóstico ou o tratamento médico profissional. É sempre recomendável consultar um profissional de saúde qualificado antes de fazer qualquer mudança relacionada à saúde ou se tiver alguma dúvida ou preocupação sobre sua saúde. A Anahana não se responsabiliza por quaisquer erros, omissões ou consequências que possam ocorrer com o uso das informações fornecidas.

Longevidade

10 min read

Longevidade

Explore o conceito de longevidade, o que ela significa e como alcançá-la. Muitos fatores podem ajudar a melhorar a longevidade e a ter uma vida longa...

Autocuidado

8 min read

Autocuidado

O autocuidado é o conjunto de práticas intencionais que promovem o bem-estar físico, mental e emocional, incluindo técnicas de incorporação,...

Hábitos saudaveis

12 min read

Hábitos saudaveis

Um hábito é um comportamento que exige pouca reflexão ou esforço para ser realizado, porque você se acostumou a fazê-lo. Os hábitos tendem a ser...

Bem-estar no local de trabalho

23 min read

Bem-estar no local de trabalho

Adote um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo: descubra o poder transformador dos programas de bem-estar no local de trabalho para...

Eletrólitos

10 min read

Eletrólitos

Explore as funções essenciais dos eletrólitos neste guia abrangente. Saiba mais sobre seu impacto na função nervosa e muscular, na regulação dos...

Comer consciente

17 min read

Comer consciente

É provável que você não pense muito sobre a maneira como mastiga - e quem poderia culpá-lo? Não é algo em que realmente nos concentramos quando...