8 min read

O que é o Sistema Nervoso Somático

O sistema nervoso somático (SNS) é a divisão do sistema nervoso periférico responsável por todos os movimentos voluntários do corpo. O sistema nervoso somático consiste em nervos sensoriais e motores relativamente grandes que conduzem impulsos rapidamente, permitindo-nos responder rapidamente a estímulos em nosso ambiente.

O que é o Sistema Nervoso Somático?

O que é o Sistema Nervoso Somático

O sistema nervoso somático está sob controle consciente, o que significa que podemos optar por mover ou não nossos músculos. Por exemplo, quando decidimos pegar um livro, nosso cérebro envia sinais pelos neurônios motores para nossos músculos dos braços, dizendo-lhes para se contraírem.

O sistema nervoso somático também pode sofrer uma ativação inconsciente. Por exemplo, quando desencadeamos um reflexo, usamos a memória muscular, ou nos retiramos automaticamente de um estímulo doloroso.

 

Como o SNS se encaixa com o resto do sistema nervoso?

Como o SNS se encaixa com o resto do sistema nervoso

O sistema nervoso humano se divide em sistema nervoso central e periférico. O sistema nervoso central (SNC) consiste do cérebro e da medula espinhal. O sistema nervoso periférico (SNP) consiste de todos os outros nervos que se estendem por todo o corpo. Os nervos periféricos conectam o sistema nervoso central com nossos órgãos, músculos e glândulas. O SNP é dividido em sistema nervoso somático e sistema nervoso autônomo.

O sistema nervoso somático (SNS) é o sistema nervoso voluntário, o que significa que podemos optar por ativá-lo. Sua principal responsabilidade é o controle consciente dos movimentos musculares esqueléticos. O SNS também lida com alguns movimentos involuntários, como os reflexos.

O sistema nervoso autônomo (SNA) é responsável pelas funções involuntárias do corpo, o que significa que ele funciona automaticamente. Ele controla todos os processos que nos mantêm vivos e funcionando, tais como freqüência cardíaca, respiração e digestão. O sistema nervoso autônomo é ainda dividido em sistemas nervosos simpáticos (luta ou vôo) e parassimpáticos (repouso e digestão).

Os sistemas nervosos somático e autônomo freqüentemente trabalham em conjunto. Por exemplo, no controle da bexiga: a inervação parassimpática permite que a urina deixe a bexiga, mas é necessário um controle muscular somático (voluntário) para urinar.

 

Anatomia do Sistema Nervoso Somático

Anatomia do Sistema Nervoso Somático

O sistema nervoso somático inclui todos os nervos que inervam os músculos esqueléticos. Esses nervos se originam na medula espinhal e no tronco cerebral e se estendem por todo o sistema nervoso periférico. Os nervos somáticos nos permitem controlar nossos movimentos musculares voluntariamente, mas eles também podem ser ativados sem uma decisão consciente (por exemplo, reflexos).

O sistema nervoso somático inclui tanto neurônios sensoriais quanto motores. Os neurônios sensoriais são aferentes, ou seja, eles enviam sinais do corpo para o cérebro. Os neurônios motores eferentes fazem o oposto. As fibras nervosas somáticas são isoladas com camadas relativamente espessas de mielina, de modo que eles conduzem impulsos rapidamente. Isto nos permite responder rapidamente aos estímulos em nosso ambiente.

Cérebro e medula espinhal

O sistema nervoso somático é parte do sistema nervoso periférico, mas o sistema nervoso central ainda é crucial para sua função. O cérebro interpreta a entrada sensorial e sinaliza respostas motoras para controlar todo o corpo. O córtex motor no lóbulo frontal gera impulsos motores somáticos.

A medula espinhal é uma longa coluna de nervos que percorre as costas e transmite mensagens entre o cérebro e outras partes do corpo. É um centro de relé crucial para os neurônios motores somáticos e o arco reflexo somático.

Alguns nervos envolvidos no sistema nervoso somático emergem diretamente do cérebro e da medula espinhal. Estes são chamados nervos cranianos e nervos espinhais.

Existem 12 pares de nervos cranianos, dos quais dez têm origem no tronco encefálico. Esses nervos recebem sinais de órgãos sensoriais, como os olhos e o nariz. Os nervos cranianos também controlam voluntariamente os músculos da cabeça.

Existem 31 pares de nervos espinhais, que estão associados a diferentes regiões da coluna vertebral. Eles transportam sinais somatossensoriais e motores voluntários entre a periferia e a medula espinhal.

Neurônios Somatic Sensory

Os neurônios sensoriais no sistema nervoso somático têm terminações nos músculos, ossos e pele. Eles captam sensações somáticas, que são quaisquer sensações experimentadas pelo corpo.

As sensações somáticas podem ser exteroceptivas (fora do corpo) ou proprioceptivas (dentro do corpo). As sensações somáticas exteroceptivas incluem tato, dor, temperatura e pressão. Os sentidos proprioceptivos incluem posição articular e tensão muscular, e ajudam a orientar o posicionamento do corpo dentro do ambiente.

Neurônios motores somáticos

Neurônios motores no sistema nervoso somático do músculo esquelético privado interno. Ou seja, todos os músculos que podemos controlar voluntariamente. Existem dois tipos principais: neurônios motores superiores e neurônios motores inferiores.

Os neurônios motores superiores se originam no córtex cerebral do cérebro. Eles sinapseiam com os neurônios motores inferiores na medula espinhal, que passam a inervar os músculos. As sinapses são onde os nervos transmitem impulsos químicos ou elétricos para outros nervos ou para o tecido alvo.

Neurônios Motores Superiores

Os neurônios motores superiores são as células nervosas que transportam os sinais do cérebro para a medula espinhal. Eles se originam no córtex motor primário do cérebro, localizado no lobo frontal. O córtex motor gera os sinais para o controle motor voluntário. Os neurônios motores superiores seguem duas direções: piramidal e extrapiramidal.

Trato Piramidal: A maioria dos neurônios motores superiores passa através das pirâmides medulares no tronco cerebral, a região que conecta o cérebro à medula espinhal. Estas fibras do trato piramidal transmitem sinais para todos os movimentos voluntários dos músculos, desde os amplos até os extremamente precisos.

Trato extrapiramidal: Estas fibras nervosas não passam através das pirâmides medulares enquanto atravessam o tronco cerebral. As fibras do trato extrapiramidal sinalizam modificações nos movimentos voluntários, tais como velocidade e coordenação. Elas também transmitem sinais para controle motor involuntário, como postura, e ações que se tornam involuntárias com o tempo, ou seja, memória muscular.

 

Neurônios Motores Inferiores

Os neurônios motores inferiores são o elo final no sistema nervoso somático. Eles se originam na medula espinhal e nos músculos do esqueleto interno privado em todo o corpo. Quando um neurônio motor inferior recebe a estimulação de um neurônio motor superior, ele faz com que o músculo se contraia. Os neurônios motores inferiores do sistema nervoso somático consistem em três tipos: alfa, beta e gama.

Neurônios Alfa Motor: Estes são os neurônios motores inferiores mais abundantes no sistema nervoso somático. Os neurônios motor alfa inervam a maior parte do músculo e contraem o acionamento.

Neurônios motor gama: Ao contrário dos neurônios alfa, os neurônios gama não causam contração muscular. Em vez disso, eles inervam as fibras sensíveis ao estiramento do músculo e dizem aos neurônios alfa para continuar dirigindo a contração.

Neurônios Beta Motor: Pouco conhecido sobre o papel dos neurônios beta motor. Eles inervam os mesmos tipos de fibras motoras que os neurônios motor alfa e gama, de modo que possam suportar as funções dos outros dois.

Os neurônios motores inferiores também estão envolvidos no arco reflexo somático. Os nervos sensoriais detectam um estímulo particular e podem sinapse diretamente com os neurônios motores inferiores na medula espinhal para produzir uma contração muscular específica. O arco reflexo contorna o cérebro, de modo que estas ações ocorrem rápida mas involuntariamente. Por exemplo, bater o tendão patelar abaixo do joelho faz com que o quadríceps se contraia e estenda a parte inferior da perna. O impulso do nervo sensorial também pode viajar através de um ou mais interneurônios para alcançar o nervo motor.

 

Como o SNS gera movimento?

Como o SNS gera movimento

O corpo humano contém três tipos principais de músculos: esquelético, cardíaco e liso. O músculo cardíaco compõe o coração, e o músculo liso ocorre em sistemas internos como o trato digestivo. Ambos são controlados pelo sistema nervoso autônomo.

O sistema nervoso somático controla o músculo esquelético, o que normalmente nos vem à mente quando pensamos em músculos. Exemplos de músculos esqueléticos incluem os bíceps, tríceps e quadríceps.

Quando os neurônios motores inferiores alcançam o músculo, eles sinapseiam com fibras musculares para formar a junção neuromuscular. As fibras musculares são células longas, cilíndricas, que compõem nossos músculos. A maioria das fibras musculares é projetada para gerar uma contração muscular real. Os neurônios motores alfa as inervam. As fibras musculares que não se contraem são chamadas de fusos musculares, e detectam o estiramento do músculo e são enraizadas pelos neurônios motores gama.

Os passos de uma contração muscular da intenção à ação são:

  1. A entrada somatosensorial diz ao cérebro que devemos nos mover (por exemplo, a mão está sobre uma superfície quente), ou simplesmente decidimos nos mover (por exemplo, queremos pegar um lápis).
  2. O córtex motor primário gera um sinal motor.
  3. Os neurônios motores superiores captam o sinal e o transportam até a medula espinhal.
  4. Na medula espinhal, sinapse dos neurônios motor superior e inferior.
  5. Os neurônios motores inferiores transmitem o sinal para as fibras musculares através das junções neuromusculares.
  6. O sinal desencadeia a contração das fibras musculares e a contração dos músculos.
  7. O músculo encurta e produz força para realizar a ação pretendida!

Este processo rápido produz repetidamente cada pequeno movimento de nossos músculos esqueléticos.

A entrada sensorial dos músculos e articulações é enviada de volta para o sistema nervoso central, permitindo-nos monitorar nossos movimentos e ajustá-los conforme necessário. Este feedback é chamado propriocepção e é crítico porque nos permite saber onde nossos membros estão no espaço e quanta força exercemos.

 

Distúrbios do Sistema Nervoso Somático

distúrbios do sistema nervoso somático

Danos ao sistema nervoso somático podem ocorrer em qualquer lugar entre o córtex motor do cérebro e o próprio músculo esquelético. Termos gerais para distúrbios do sistema nervoso somático são doença neuronal motora e neuropatia periférica.

Os sintomas muitas vezes incluem tremores, espasmos musculares e comprometimento da função motora. Algumas condições são congênitas, ou seja, uma pessoa nasce com ela, ou podem se desenvolver ao longo da vida. Causas como lesões, vírus e toxinas podem ser genéticas ou externas. As causas e os fatores de risco muitas vezes não são claros.

Exemplos de distúrbios que envolvem o sistema nervoso somático incluem:

  • Esclerose lateral amiotrófica (ALS), também chamada doença de Lou Gehrig
  • Esclerose múltipla (EM)
  • Poliomielite
  • Hérnia de disco
  • Radiculopatia (nervo apertado)
  • Traumatismo da medula espinhal

Os tratamentos para estas condições variam. Algumas podem envolver medicações e outras podem exigir cirurgia. As estratégias para proteger a saúde geral do sistema nervoso somático incluem a participação regular em exercícios de intensidade moderada e o consumo de uma dieta pobre em gordura e antioxidantes.

Conclusão

O sistema nervoso somático é crucial para o controle de todo movimento voluntário. Os nervos somatossensoriais nos permitem perceber informações do ambiente, tais como pressão, temperatura e dor, assim como o posicionamento de nosso corpo. Os nervos somatossensoriais motorizam o interior do músculo esquelético do corpo para produzir respostas motoras de acordo.

Perguntas mais freqüentes

Quais são as responsabilidades do SNS?

O sistema nervoso somático proporciona o controle consciente do movimento do músculo esquelético. É uma divisão do sistema nervoso periférico e inclui os neurônios sensoriais e motores. Ele também está envolvido em algumas funções motoras inconscientes (por exemplo, coordenação de movimentos, trabalho da memória muscular, reflexos).

Quais são os exemplos de funções de SNS?

Há muitos exemplos do sistema nervoso somático em ação. O sistema nervoso somático é responsável quando você move seus músculos esqueléticos. Exemplos incluem andar, correr, levantar pesos e praticar esportes. O sistema nervoso somático também controla os movimentos de seus olhos e cabeça, tais como piscar e engolir.

Quais são os principais componentes do SNS?

Os principais componentes do SNS são os neurônios somatosensoriais, córtex motor, neurônios motores superiores e inferiores, e junções neuromusculares. Os neurônios somatossensoriais enviam informações como pressão e toque para o cérebro. O córtex motor gera um sinal motor, que os neurônios motores superiores transmitem para a medula espinhal. Os neurônios motores inferiores transportam o sinal da medula espinhal para o músculo, transmitido através de uma junção neuromuscular.

Como posso proteger meu SNS?

Conforme envelhecemos, o sistema nervoso somático sofre algum declínio natural, levando a uma diminuição do controle sensorial e motor. Isto é freqüentemente devido à deterioração da junção neuromuscular (NMJ). Estudos sugerem que a dieta tem um papel influente na saúde do NMJ.

Experimentos em modelos de mouse descobriram que evitar dietas com alto teor de gordura e excesso de calorias pode evitar a deterioração da NMJ e até mesmo reverter alguns tipos de danos.

As espécies reativas de oxigênio também podem danificar o NMJ. Estes radicais livres são subprodutos naturais de alguns processos corporais, incluindo a contração muscular.

Nossos corpos normalmente produzem antioxidantes para contrabalançar isto, mas o aumento da ingestão de antioxidantes pode proporcionar maior proteção à NMJ. Isto pode incluir suplementos de vitamina D, alimentos ricos em vitamina E (por exemplo, espinafre e tomate) e outros alimentos ricos em antioxidantes (por exemplo, chocolate preto, mirtilos, nozes pecan e couve).

A participação regular em exercícios de intensidade moderada pode aumentar a produção de antioxidantes e evitar danos à NMJ. O exercício exaustivo pode causar a geração excessiva de espécies reativas de oxigênio e potencialmente sobrecarregar os antioxidantes naturais do organismo.

A palavra "somático" sempre se refere ao SNS?

Não, "somático" na verdade significa "relacionado ao corpo". O sistema nervoso somático tem seu nome porque suas responsabilidades incluem sentir e mover o corpo. Pode haver alguma confusão porque "somático" é usado em muitos termos fora do sistema nervoso somático.

Por exemplo:

  • Células somáticas: A maioria das células que compõem o corpo (pele, músculo, osso, nervos, etc.), em oposição às células germinativas, que são células reprodutivas (espermatozóides, óvulos).
  • Síndrome somática: Uma condição de saúde mental na qual uma pessoa apresenta sintomas físicos específicos, que podem nem sempre ter uma causa médica explicada. Embora os sintomas físicos possam envolver o SNS, isto não deve ser confundido com desordens do SNS.

ANAHANA RECURSOS DE SAÚDE FÍSICA

WIKIS DE SAÚDE FÍSICA

Resposta de combate ou vôo

Higiene do sono

Meditação Guiada para o Sono

BLOGS SOBRE SAÚDE FÍSICA

O que é o Sistema Nervoso

O que é o Sistema Nervoso Central

O que é o Nervo Vagus

O que é o Sistema Nervoso Periférico

O que é o Sistema Nervoso Somático

Referências

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK556027/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK539845/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK441977/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK554616/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK554542/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK532258/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7182767/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC8225025/

om namah shivaya explicou

4 min read

Om Namah Shivaya

O Om Namah Shivaya - o mantra de cinco sílabas - é um dos mantras mais populares e cantados pelo hinduísmo. É uma declaração de dependência de Deus,...

Continue Reading
O que é o Sistema Nervoso Somático

8 min read

O que é o Sistema Nervoso Somático

O sistema nervoso somático (SNS) é a divisão do sistema nervoso periférico responsável por todos os movimentos voluntários do corpo. O sistema...

Continue Reading
que é Wim Hof

6 min read

Quem é Wim Hof?

Wim Hof chamou o "Iceman", é um atleta renomado e atrevido que detém muitos recordes globais, incluindo um por passar o tempo mais prolongado...

Continue Reading